Quem eu seria…

IMG_E0341[1]

Eu pensei, repensei e tornei a pensar em como poria em palavras as maravilhas cotidianas sem que estas perdessem o encanto e, sobretudo, sua sacralidade. Viver é, de fato, a maior dádiva, da qual deriva todas as outras incríveis coisas. Tenho consciência de que não será uma tarefa fácil ter que escolher, dentre tantos milagres existenciais, alguns poucos para eternizar em palavras, visto que já brotaram e ainda brotarão do meu arquivo interior de preciosidades eternas.

Resolvi, então, dar uma pausa às reflexões para iniciar os escritos. Verdade é que desejo com isso dar as coisas encantadoras que a mim se apresentaram, o direito de também encantarem outro alguém. Há coisas/momentos/pessoas que definitivamente não nasceram/surgiram para ficarem engavetas/guardadas, ainda que com muito amor… Ainda que com a oportunidade de reacenderem, vez ou outra, apenas em uma lembrança.

Que a palavra me conceda a oportunidade de contar e recontar as dores e as alegrias que nos são próprias; que eu possa encantar e me encantar com as miudezas que de vez em quando nos escapam aos olhos ; Mas acima de tudo, que eu jamais me esqueça do compromisso social e afetivo que firmei comigo, convosco, com as muitas palavras que surgem e com tudo que me permite conferir uma razão ao que escrevo.

Confesso que para embarcar nessa viagem, antes mergulhei em tudo aquilo que já escrevi e que um dia pensei em escrever. Com isso, percebi que foi sempre o simples que me promoveu ao ápice da realização pessoal; que foi o essencialmente humano que me concedeu o encanto. Diante disto, partilho aqui por onde andei, os infinitos rumos que escolhi tomar, os momentos em que me perdi e a doçura que foi em cada um deles me encontrar.

Eu sei quem eu sou quando reflito sobre a vida. Mas quem eu seria se eu resolvesse compartilhar?

Pois então…

Vim descobrir!

Ana Paula Lima

 

36 comentários em “Quem eu seria…

  1. Como canta Gabriel Pensador (linhas tortas), você escreve de forma simples, sincera, é tinta (são palavras) que sai (saem) da medula!

    Faz bom uso das palavras. Como poucos.

    Que maravilhosa decisão tomou em nos prestigiar suas memórias, por meio da sinfonia de palavras que só você compor!

    Revele-se!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Que maravilha Ana Paula amei seu blog vc sempre mim supriendendo a cada dia descubro uma Ana dentro de vc 😍😘😘 te desejo muito sucesso 👏👏👏💚💚💚

    Curtido por 1 pessoa

  3. O que falar da poesia que brota da escrita apaixonada dessa garota lindíssima, uma mescla do interior e exterior que, desde o dia que eu a vi, percebi o quão linda, meiga, apaixonada, dedicada, inteligente e tantos outros adjetivos que perderia à noite inteira descrevendo-os. Assim como o filósofo alemão Heidegger já asseverava sobre o ser-no-mundo, assim é a Paula, pois é não é um simples ser que está no mundo, mas que age, que vive… É uma construtora de lugares, espaços vividos. Vamos lá, então!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Escrever não é um dom de todos, mas certamente é o seu Paulinha! Além de ser uma pessoa incrível, estou aqui na torcida por mais esse momento de compartilhamento do que você tem aí nessa cabecinha brilhante! Ansiosa pelas aventuras que já foram costuradas e pelas que estão por vir! Sucesso nega!!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Poema feito para minha querida Ana Paula Lima

    ANA

    COMO DECIFRÁ-LA EM POUCAS PALAVRAS? TENTO, MAS O MEDO ME VEM, MEDO DE PERDER-TE EM TRADUÇÃO; ANA DE OLHARES PROFUNDOS QUE ESPELHAM A ALMA DOCE E BELA, E DE SORRISOS MEIGOS E DESPERCEBIDOS COMO OS MEUS.

    ANA DE TANTOS AMORES PLATÔNICOS PELA VIDA, PELA POESIA, DE VIVER UM MUSICAL DOS ANOS 1930, DE VIAJAR EM SONHOS COMO OS MEUS, ANA QUE O COTIDIANO, OS PROBLEMAS DIÁRIOS E AS AMARRAS DA VIDA NÃO CONSEGUEM PRENDER.

    E AO DEITAR E FECHAR OS OLHOS, COMEÇA A VIAJAR NOS SONHOS MEUS, NOS PAÍSES PINTADOS POR LÁPIS DE CORES, SÃO AS TINTAS DOS PENSAMENTOS MAIS PUROS E SINGELOS TEUS, QUE CRIAM E RECRIAM LUGARES INIMAGINÁVEIS POR MUITOS, MENOS POR TI E EU.

    PEQUENA ANA, TÃO FRÁGIL E FORTE, TÃO GRANDE EM AMORES QUE A ALMA GRITA, MESMO EMUDECIDA, E ECOA NOS POEMAS MEUS. DOCE ANA, COMO NÃO ACHÁ-LA, MESMO PERDIDA ENTRE MILHÕES DE PESSOAS, EXALA SENTIMENTOS TÃO PUROS, TÃO SINCEROS, QUE TORNAM O MUNDO TÃO IGUAL AO MEU. (JHC, 2016)

    Curtido por 1 pessoa

  6. Ana…Ana…Ana…
    Como não amar-te…
    Você é a própria poesia como a singeleza de um beija flor
    Você é minha borboleta preferida.
    “🎶Que venha essa nova mulher…🎶”

    Curtido por 1 pessoa

  7. Amei Ana Paula 😍😍😍
    Já estou seguindo seu blog
    Saiba que tenho muito carinho e admiração pela sua pessoa! !!
    Te desejo muito sucesso pois você é merecedora. ..
    Beijos 😘😘

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s